ATENÇÃO SITE MELHOR VISUALIZADO NO CHROME OU FIREFOX

O que você procura?

Fade - Desvanescer - Lisa Mcmann

Olá amigos!

Enquanto o meu livro não chega, segue uma resenha tudo de bom da Juh Olivetto do Blog Livros e Bolinhos

Li Wake e amei, com certeza Fade será um livro maravilhoso! leia a resenha abaixo:


Janie está de volta. (...)Depois de passar por um mundo de coisas novas e descobertas em Wake, nossa “apanhadora de sonhos” agora está trabalhando, oficialmente, para a Narcóticos. E mais: ao lado de Cabel, seu lindo e querido namorado... secreto.

Um psicopata sexual está solto em Fieldridge High. Aluno? Professor? Tudo ainda está confuso, mas juntando um sonho aqui e uns telefonemas estranhos ali, as coisas começam a fazer um pouco mais de sentido. Janie e Cabel começam a investigar como podem e a ação culmina em uma idéia da Capitã: a garota é a isca perfeita.

Cabel não gosta nada do que está por vir, mas tenta lidar com suas preocupações e temores de forma a não afetar a operação. Mas talvez, só talvez, ele tivesse razão. Ou não. Talvez Janie estivesse certa em se colocar no centro da armadilha, só talvez. Ou não. Esse é o tipo de coisa que você só vai saber/opinar sobre quando ler o livro.

Diferentemente de Wake, Fade gira em torno de um mistério principal, um crime a ser desvendado. Você não deixa de ficar tenso, questionar, torcer pra que tudo termine bem e tal, mas a verdade é que não é um livro de ação. Isso é só a cereja do bolo.

Janie tenta lidar com as mudanças de sua antiga rotina. Seu trabalho na Narcóticos, a entrada de Cabe em sua vida, o namoro secreto... Sua mãe continua a mesma, Carrie está mais grudada em Stu do que nunca, a escola continua a mesma coisa de sempre... Tudo parece igual, menos Janie e Cabel.

Os momentos do casal são MUITO, MUITO fofos. De verdade. Vemos, realmente, a descoberta e o amadurecimento de um amor. E isso, claro, vem com as coisas boas e as ruins. Para quem leu a sinopse, já adianto que o comportamento de Cabel não é TÃO chocante assim. Digo, não como eu esperava. Não senti raiva dele, mas compreendi. Acredito que com todo mundo vai ser assim. E, mesmo com esse comportamento, Janie não me decepcionou! Nada de autopiedade como vemos em muitas heroínas. AMÉM!

Destaque, também, para a volta da Sra. Stubin aos sonhos de Janie. O encontro das “apanhadoras de sonhos” é muito legal e, pra mim, foi um dos pontos mais altos do livro. Mais do que o mistério, mais do que o romance, o que me encantou em Fade foi a descoberta de Janie a respeito de si própria e de seu dom.

Parece que a famosa frase de tio Ben [em O Homem-Aranha], “Com grandes poderes vêm grandes responsabilidades”, estava certa. Mais do que poder ajudar os outros e até sofrer sendo sugada para sonhos e pesadelos horríveis, o dom de Janie parece trazer algo ainda mais... aterrorizante. Graças a senhora Stubin, a verdade sobre o futuro de Janie vem à tona. As consequências de sua habilidade parecem ser mais devastadoras do que ninguém jamais imaginou...

E é assim que o livro termina, com o fim de um ciclo e o início de outro. Dessa vez as frases curtas não me irritaram, o vocabulário está mais variado – o que só me faz pensar que a culpa foi mesmo da tradução de Wake – e li tudo de uma vez só.


OBS: PRECISO destacar os momentos engraçadinhos entre o casal. Adorei o que Lisa fez.
Fecham simultaneamente seus laptops.
Não que sejam competitivos.
Nem não.

Ok, eles são sim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Deixe seu comentário e volte assim que possível para ler a resposta^^