ATENÇÃO SITE MELHOR VISUALIZADO NO CHROME OU FIREFOX

O que você procura?

Li e amei! - A noite Maldita - André Vianco



Não é de hoje que não escondo de ninguém que sou fã dos livros do André Vianco.
O cara consegue escrever de um jeito que cativa a gente, os detalhes cuidadosos de cada personagem de seus medos e sentimentos faz com que a gente conheça cada um deles e os entenda de certa forma. O livro conta a história do início da noite Maldita propriamente dita, que ocorre numa data corriqueira na vida das pessoa. Um fato importante acontece no dia da noite maldita, uma promotora importante, mãe de dois filhos, Pedro e Bruno consegue colocar o assassino de seu marido na cadeia. Mas um estrondo estranho e a repentina queda dos sinais de rádio e satélite colocam todos num vazio de comunicação, sem TV  telefone, internet e rádio, coisas começam a acontecer, pessoas caem num sono profundo,outras sentem náuseas e enjoos e começam a ficar diferentes, famílias se separam por conta de alguns adormecidos e outros conhecidos como transformados que simplesmente ficam arredios e não entendem o que se passa com eles.
O primeiro dia é cheio de muita ação, pessoas morrendo, incêndios, hospitais lotados...Pessoas querendo ajudar, custe o que custar.Bombeiros, Médicos, Policiais, é incrível como o André valorizou esses profissionais, justos os que tem a missão de salvar e defender vidas.
A gente não quer parar de ler, cada página é uma nova coisa que acontece e a gente torce pelas pessoas, por sua luta, mas também torcemos por alguns dos transformados, Raquel é um exemplo. O livro explora bem a história dela, de sua luta em vida por justiça e de sua luta em morte por seus filhos,e por fim da sua convicção e aceitação plena da nova vida morta.
A noite maldita trouxe muitas coisas ruins, mas trouxe também coisas boas, pessoas se unindo para se salvarem, cura das enfermidades que até o momento eram incuráveis, pessoas especiais que terão a missão de defender outras pessoas.

Senti falta do desfecho de alguns personagens, Francis é um deles, o médico é um dos primeiros a ter a "loucura benta" como chamo, matando um dos transformados.
O livro mostra apenas alguns dias dessa noite maldita que acabou com a humanidade como a conhecemos, justamente num mundo onde a humanidade ficou tão dependente da tecnologia, esse foi um baque e tanto para todos.

Quando terminei a leitura senti que o desfecho estava incompleto e percebi que não acabaria ali, não mesmo. Vi o André dizendo no Face que estava escrevendo mais sobre a Noite Maldita, ou seja, essa saga não vai terminar aqui, terá mais, muito mais. A gente precisa saber o que vai acontecer com o pessoal adormecido, alguns tão importantes na saga Bento que precisam ter um desfecho.

Fica a minha dica para o André explorar alguns lugares da Grande SP, Embu que é cheio de lugares altos e tem muita, mas muita mata, Juquitiba idem, tem ainda em Campinas o Capes que fica num lugar super alto, aberto e afastado do centro da cidade, seria um ótimo lugar para as pessoas se abrigarem também né... 
Parando com a intromissão de leitora voraz,  termino esse texto dizendo que recomendo e muito esse livro para todos! O André a cada livro que escreve fica melhor. Por isso nunca vou deixar de ler nenhum livro dele.
Espero que tenham gostado da minha resenha.
:)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Deixe seu comentário e volte assim que possível para ler a resposta^^